UVAS E BEIJOS

Eu não devia ter-te amado tanto...
Agora - é tarde para te esquecer.
Mas quando um grande amor se enche de pranto,
olha: a renúncia é quase que um dever:

Renúncia é sacrifício e desencanto...
que me faz grande e que te faz sofrer.
Renuncio a este amor profundo e santo,
É o holocausto de um ser a um outro ser!

Foste o afeto maior da minha vida.
Vou deixar-te. É o destino. À alma dorida,
não mais os sonhos lindos voltarão.

Renúncia é sofrimento, angústia e treva.
É um coração que o seu altar eleva
por sobre as ruínas de outro coração...