ESTUDO Nº 3

Na maior intimidade com as coisas e os seres,
nesta doçura de antemanhã do verão,
sinto me disperso na luz, no vento e no ruído do mar,
que vem de longe, em ritmo de embalo,
na cantiga milenar das ondas quérulas ...
Sou uma partícula viva deste corpo imenso.
Um átomo em que o mundo se concentra.
Tenho, como um espelho mágico, o poder
de refletir o que me cerca e envolve,
incorporando tudo à essência de meu ser.