ANGÚSTIA

Senhor!
que angústia me causa a maldade dos homens,
dos homens que estão fazendo inveja às feras,
aos lobos, às hienas, às panteras,
pelo ódio, pela sede de sangue que os dominam,
pelos instintos bárbaros que revelam,
matando-se, comendo-se, devorando-se uns aos outros,
como se não tivessem dentro da alma
um pouco de Ti, da tua luz eterna, Senhor!