AMÉRICA

América dos poetas de ritmos grandiosos
              como o teu destino,
- a força de teu gênio
dá alento, estímulo e coragem
a todos os soldados que estão lutando, no mundo,
              com os navios dos teus estaleiros,
            os aviões e os tanques das tuas fábricas,
e o pensamento ardendo em ti,
ó América,
flor universal da Liberdade!

O Brasil está também contigo
nesta luta da Vida com a Morte,
porque morte é tudo o que extingue no homem
a marca de si mesmo...
Os teus carros de guerra estão rolando
sobre a borracha da selva do Amazonas,
que o caboclo de tez tostada e músculos de ferro
extraiu da árvore de leite,
com o denodo de um guerreiro legítimo.

O Brasil está contigo,
- e com os homens inquebrantáveis da Ilha,
- e com os homens de aço das Estepes,
para dar a todos os homens, na terra,
sem distinção de qualquer espécie
(pois nenhum preconceito ficará),
uma felicidade que chegue para todos,
como o vinho nas bodas de Caná...

América de LincoIn e de Walt Whitman,
dos forjadores de novos simbolos poéticos
e dos criadores de novas fórmulas políticas,
taça da Democracia - eterna e imensa taça,
em que unes Beleza e Verdade, Poesia e Vida, Espírito
                                                    e Matéria,
               numa só expressão total
da alma libérrima e viril da tua Raça!