GRÉCIA

A Grécia da Acrópole onde orava Renan,
que Byron defendeu como supremo ideal,
passou, com os deuses jovens e formosos,
deixando na História um perfume imortal.

Leônidas foi grande como herói!
Maior foi Homero, foi Sócrates, foi Platão,
que encerraram, de alma comovida,
- num verso puro ou num pensamento alado -
a essência da Beleza e o sentido da Vida.

Esta é a Grécia do que é perfeito, sendo eterno,
- luz do tempo, flor da história, sol do mundo,
- a Hélade divina!

A Grécia que aí está um corpo sem espírito.
(Quem a vencer - não vence a raça dos helenos!)
A alma grega fugiu pelo infinito afora,
de regresso, talvez, à sua pátria de origem:
- uma estrela - quem sabe? - onde a Beleza mora...